Fuse

Eterno No Teu Ouvido

LYRIC

[Verso 1]
Até ao último verso dito, se faleço no mundo físico
Sou eterno no teu ouvido
De peito erguido levo o orgulho comigo até ao cimo
São poucos os sonhos que ainda aspiro
A dúvida que prevalece, terei conseguido
Preencher um espaço ínfimo no vosso íntimo
Se não tivesse sido tocado pelo dom do terceiro ouvido
Onde estaria não imagino
O objetivo é único: tocar no vosso espírito
E dar-vos o sabor da energia que partilho
Nada santo, pouco sábio, no entanto
Reflito o meu amor nas sementes que vou deixando
Incluso neste mundo onde me sinto recluso
Sou músico lúcido não me perco no escuro
Lutar por um louvor de quem sente já é tudo
A sintonia e o sentimento significam muito
DLM o melhor estágio para partir tudo
Não trocava nada por aquilo que passamos juntos
Poeta sem retiro visiono dias frios
Quantos arrepios, quantos cadernos preenchidos
Com hinos sem destino vou ouvindo algumas palmas
Pouco afetado por línguas contaminadas
Permanecerei fiel ao meu código
Intermediário entre o amor e o ódio
[Refrão]
Se faleço no mundo físico, sou eterno no teu ouvido
São páginas que partilho a preencher o teu mundo vazio...
Se faleço no mundo físico, sou eterno no teu ouvido
São páginas que partilho a preencher o teu mundo vazio...

[Verso 2]
Continuarei a alimentar o vosso dínamo
A cantar o que sinto o horizonte é mais longínquo
Rimo pela sede de me tornar um ser distinto
Esta linha é um abraço para todos os meus amigos
Façam piças comigo para as víboras
Essas que nos querem separar pelo caminho
O meu amor por isto é vitalício, nativo
Necro-poeta sou periódico no teu tímpano
Pouco idólatra, pés assentes na nova escola
Cago para vedetas, sou simples, é o que importa
Primeiro passo dado, Informação ao Núcleo
Agora, nada me pára rumo ao futuro
Ramalde, bloco 24, orgulho tatuado
Sinto este aperto de saudade pelo meu bairro
Os anos passam mas eu sei que tenho aproveitado
O segredo é básico, ser feliz é tudo
O legado que deixo aos que toco no percurso
São bocados da felicidade que construo
Contributo puro àqueles que realmente admiro
São poucos, mas já fazem parte do meu mundo
Invicta... cidade natal que me inspira
És a caixa onde guardo os símbolos da minha vida
Eterno genuíno a dar voz àquilo que sinto
Marquemos um encontro nos jardins do infinito
[Refrão]
Se faleço no mundo físico, sou eterno no teu ouvido
São páginas que partilho a preencher o teu mundo vazio...
Se faleço no mundo físico, sou eterno no teu ouvido
São páginas que partilho a preencher o teu mundo vazio...

Se faleço no mundo físico, sou eterno no teu ouvido
São páginas que partilho a preencher o teu mundo vazio...
Se faleço no mundo físico, sou eterno no teu ouvido
São páginas que partilho a preencher o teu mundo vazio...

Added by

admin

SHARE

About "Eterno No Teu Ouvido"

Um hino à vida, que remete para a eternidade que os músicos atingem, mesmo depois da morte, através da sua obra!

Instrumental produzido pelo Sam the Kid, com samples da música The Squeeze de Gang Starr, tanto ao nível da melodia, como da voz inconfudível do GURU, no scratch.

Eterno No Teu Ouvido Track info

Video