LYRIC

O peso do mundo nas costas agora não faz mais sentido nenhum
Vi meu passado e não tô mais parado meu maior pecado é o mal em comum
1 pela grana. 2 por poder
Quais desses versos tocaram você?
Quero fuder com morte pra curar o medo que há do final de viver
Perto do que eu quero bem longe sou minha aposta contra essa maldade
Umas garrafa quadrada lotada de bira dourada falando verdade
Tenho mil planos todos insanos. Tô aprendendo com tempo passando
O filho espartano que cresce na guerra e acaba matando seu mano chorando
Vejo o pobre roubando o pobre quebrando a lei mais antiga da terra
A guerra que impera. O meu consciente lutando contra o lado claro que cega essa gente
Real como a nota que você ostenta mostrando no final show
Manda se fuder tá na moda difícil é falar sobre a falta do amor
Tomo cuidado com oligarquia cagando a regra na beira do chão
Essa fumaça é tão inflamável que explode panela sem ser de pressão
Overdose levando heróis. Deixando a fama de mitos impuros
Versos escuros manchando teus muros
Jovens modernos vivendo apuros
Matando meu rei opressor trago o pavor fazendo anarquia
Tendo a chance de ditar a regra que faz alma nunca mais ser vazia

Acordando dentro de um sonho bem mais real que tua vida falida
Toda responsa do globo sobre essa carcaça também é motivo de ira
Tira as mãos e nunca me toca que agora teu fim tá na sola da bota
Mostrar que é foda nas rima é bem mais que usar teorias feitas por Sabota
Corta a corda do teu tornozelo antes que cortem a que enrola o pescoço
O esforço de ser o melhor pode fuder com o quem é orgulhoso
Cada vida carrega um karma que pesa aquilo que o ombro aguenta
Nada tira da meta traçada nosso retorno aos anos noventa
Onde a era que era de ouro não as corrente que os cara ostenta
Quero dinheiro no bolso seu moço mas não vendi minha vida na venda
Tenta testar a fé de um ateu numa mesquita na Faixa de Gaza
É bem mais fácil que chamar de foda essa porrada mente lavada

Added by

admin

SHARE

About "Atlas"

?

Atlas Track info

Video